quinta-feira, 25 de janeiro de 2018

BAIRRO JARDIM DE DEUS: ONDE O PODER PUBLICO NÃO ATUA

Apesar da intensificação das rondas policiais no local, escuridão ajuda ação de criminosos.

Quem reside no bairro Jardim de Deus no município de Santana, localizado a 17 quilômetros de Macapá, vem vivendo nos últimos meses num clima de total insegurança. O motivo seria a falta iluminação pública que consequentemente, tem resultado no crescimento nos índices de assaltos e roubos. As reclamações são diárias, diz a Associação de Moradores.

 O Jardim de Deus foi criado há cerca de 20 anos e se originou às margens da linha ferroviária e possui dois pontos de entrada. Um pela rodovia Duca Serra e outro que dá acesso ao bairro Parque de Laranjeiras, em Santana. São nestes pontos que as ocorrências de delitos estão ocorrendo com maior frequência.




 “Chegamos num nível do inaceitável. Os moradores estão perdendo o direito e ir e vir, em virtude dessa situação. São assaltos e roubos a residências que estão ocorrendo todos os dias. Já não sabemos para quem apelar”, disse Helivanilton Ramos, presidente da Associação de Moradores.

 

De acordo com Helivanilton, a Polícia Militar tem intensificado as rondas no local, mas se vê numa situação que foge da sua alçada. A Associação de Moradores já teria solicitado através de documentos junto à Companhia de Eletricidade do Amapá (CEA) melhoria para o sistema de iluminação. São postes sem lâmpadas e em alguns pontos, nem poste há.



“Já enviei documentos, participei de audiências e até já estive com representantes da CEA, mas nada foi resolvido. Enquanto isso, os crimes continuam ocorrendo e a PM, coitada não consegue dar conta”, afirmou.
Como não há sinal de que qualquer serviço de reparos está previsto para o local, Helivanilton afirma que irá tomar providências, solicitando apoio do Ministério Público Estadual.
“Tentamos de todas as formas uma solução e não tivemos. Agora, vamos procurar outros meios legais para cobrar providências. Não é justo a população estar sofrendo todo esse transtorno”, finalizou.
FONTES - AMOJADEUS - Associação de Moradores do Bairro Jardim de Deus

Nenhum comentário:

Postar um comentário